1 novembro 2018

Vender mais com e-Commerce em 3 passos

Por ren9ve em e-Commerce

Qualquer pessoa ao abrir um negócio espera obter muito lucro em curto período de tempo, é natural desejar um bom retorno depois de tanto investir não só em tempo, mas claro, o seu capital. O e-Commerce é um ótimo mercado para se trabalhar e cada vez mais o número de adeptos aumenta, no entanto, não são todas as pessoas que conseguem prosperar neste ramo e todos querem vender mais com e-Commerce.

Para qualquer atividade profissional que se desempenhe é fundamental dedicar muito tempo e esforço para que tudo saia pelo menos próximo do que foi planejado antes de colocar as ideias em prática. Mas além do trabalho duro, um ponto não pode ser deixado de lado, a visão de negócio que deve fazer parte de todos aqueles que desejam se tornar empreendedores.

O caminho para vender mais com e-Commerce é longo, porém, nenhum pouco complicado. Assim como qualquer negócio ele depende da sua atenção, tempo e empenho. Comece pela aparência e a visibilidade dos seus produtos, a sua vitrine, ou seja, seus anúncios.

1. Analise e reconstrua seus anúncios

Enquanto uma grande parte de e-Commerces iniciantes não quer nem pensar no “gasto” (investimento) em anúncios, uma outra parcela anuncia de maneira incorreta.
Antes de anunciar, planeje, observe se o local que você anunciou lhe deu algum retorno, mude de anúncio, de canal, até que você alcance os lucros que você idealizou que o seu e-Commerce teria com esta ação.
Quando os anúncios são feitos de maneira correta dentro de uma estratégia bem construída, você para de encará-los como um gasto e passa a ver como um investimento, já que esta maneira gera retorno. Você nunca vai conseguir vender mais com e-Commerce se os seus anúncios não estão direcionados para o público correto.

2. Não venda por vender

Em todos os tipos de comércios, inclusive em lojas físicas, as pessoas deixam de lado a parte humana e pessoal do negócio e só pensam na hora de lucrar, não investindo nas relações entre vendedor/cliente e esquecem de deixar seus consumidores engajados no seu e-Commerce.
Estes clientes acabam debandando para outros e-Commerces onde os objetivos vão muito além de vender, mas também conhecer o consumidor e fazer com que ele se sinta especial e importante para este comércio.
Não perca bons negócios por preguiça de se aprofundar no seu público, para vender mais com e-Commerce é indispensável construir boas relações com seus clientes e valorizá-los como pessoas, sem os tratar como se fossem apenas números.

3. Procure ajuda profissional

Quando não sabemos como fazer algo e nos arriscamos, é comum perdermos muito dinheiro dando tiros no escuro, enquanto contratar um bom profissional, assim como ter um bom planejamento para a publicação de anúncios e a administração do seu e-Commerce, pode ser um grande investimento e a resposta que você procurava para vender mais.
Ser ousado é uma característica muito forte e presente nas mentes empreendedoras, mas um pouco de cautela pode “salvar” o seu pescoço várias vezes.
Consultorias estão se tornando cada vez mais comuns, e algumas podem ser oferecidas não apenas para o proprietário do negócio, como para os seus colaboradores.
As áreas de consultoria são as mais diversificadas possíveis, indo desde marketing e identidade visual da marca e da empresa, até mesmo consultorias financeiras e de auxílio para a gestão do seu e-Commerce, tratando de assuntos mais complexos. Você só conseguirá vender mais com e-Commerce, quando investir no seu negócio e não ver esse investimento como um gasto.

Dica bônus: Repense seu negócio

Por isso, quando você perceber que suas vendas não estão de acordo com o volume esperado, que há muito tempo não ganha clientes novos e que os antigos estão migrando para outros e-Commerces, está na hora de repensar todo o seu empreendimento e achar novos meios de vender mais com e-Commerce.
Comece pelos seus anúncios, e caso você não tenha nenhum tipo de anúncio na internet, está na hora de começar, ninguém vai adivinhar que a sua loja existe se não encontrar divulgação em lugar nenhum. A sua vitrine são os anúncios, e uma loja sem vitrine é incapaz de encontrar novos clientes e de mostrar para as pessoas todos os produtos de qualidade que ela está oferecendo.
Além disso, vários mercados grandes investem muito dinheiro anunciando e alguém aparecer por acidente no seu e-Commerce ou no Market Place que você publica os seus produtos não vai acontecer.
Planeje e coloque sua estratégia em prática, e caso sua estratégia não dê certo, não desista e procure outros caminhos até conseguir alcançar seus objetivos. Seja pessoal com seus clientes, se interesse por ele, descubra quais são suas necessidades e o que você pode fazer para supri-las e dê sempre a mais do que eles pedem e precisam.
Mostre que você tem muito mais do que produtos e que seu desejo é mais que vender, se importe com seu cliente que ele irá se importar com a sua marca, valorize os clientes antigos e recompense a sua fidelidade, dê motivos para os novos se estabelecerem no seu site e faça com que todos se sintam especiais. Clientes são pessoas, não números, trate-os como você gostaria que as marcas que você consome tratassem você.
Por fim, não hesite ao procurar ajuda profissional, se você tem dúvidas sobre como anunciar, busque uma consultoria de Marketing, se não sabe como começar e gerenciar o seu e-Commerce, se você não sabe como administrar o seu dinheiro, busque cursos e um consultor de negócios, com profissionais que te ensinem a lucrar e em que áreas você deve investir e quais os melhores caminhos para realizar uma administração do seu negócio de maneira efetiva.
Caso tenha dificuldades em se organizar, monte um sistema de planilhas de Excel e as preencha com todos os dados do que acontece dentro do seu e-Commerce, lembre-se de mantê-la sempre atualizada e organizada. Outra opção é adquirir um ERP para fazer a gestão da sua empresa, e assim sucessivamente, sempre conhecendo o seu e-Commerce e prestando atenção sempre no que realmente se encaixa e é efetivo para a organização do seu e-Commerce. Dê preferência a usar sistemas de gestão empresarial que já possuem integração com plataformas de e-Commerce.
Observe seu negócio, aplique essas dicas e vá adequando suas ações de acordo com o que você percebe que está dando certo ou não, tenha um olhar crítico no seu comércio, e afaste tudo o que possa ser uma ameaça ao seu crescimento e impeça você de vender mais com e-Commerce. A pessoa que mais conhece o seu negócio é você. Busque sempre caminhos para o seu crescimento e para o crescimento do seu comércio eletrônico.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *