16 maio 2018

Sistema de Gestão para pequenas empresas, como escolher

A escolha de um Sistema de Gestão para pequenas empresas de boa qualidade pode ser um ponto fundamental no sucesso de um empreendimento. Imagine a diferença entre empresas concorrentes em um cenário em que uma delas continua realizando todas as rotinas de forma manual enquanto a outra automatiza diversas atividades – ganhando tempo e reduzindo custos.

Sem dúvidas, o uso de um sistema de gestão empresarial para pequenas empresas, faz com que esse empreendimento realize os processos internos de maneira mais rápida e prática, além de fazer com que os resultados obtidos ao gerar relatórios gerenciais sejam precisos e ao utilizar essa tecnologia, a falha humana é minimizada de maneira significativa.

Nos últimos anos ocorreu uma grande evolução tecnológica em todo o mundo e seus impactos podem ser notados dentro das organizações todos os dias. Muitas das atividades manuais e repetitivas podem ficar nas mãos de soluções digitais – diminuindo a necessidade de intervenção humana e aumentando a agilidade no cumprimento dessas tarefas, na era da informação, onde tudo pode ser resolvido com apenas alguns cliques, poder entregar resultados de forma rápida e exata é fundamental para se destacar perante à concorrência.

Em meio a tantas ferramentas, é preciso ter muita atenção no momento de optar por um Sistema de Gestão para pequenas empresas. Neste artigo veremos 6 dicas para que você acerte na hora de escolher um ERP. Confira.

6 dicas para escolher um Sistema de Gestão para pequenas empresas

São diversos os fatores que podem influenciá-lo no momento de escolher o melhor Sistema de Gestão para pequenas empresas, leve em consideração todas as funcionalidades e as facilidades que este sistema pode trazer para a sua pequena empresa.

Veremos a seguir algumas dicas para não deixar nenhum detalhe passar batido, fazendo com que a sua pequena empresa possa encontrar o sistema de gestão ideal, para auxiliar você e seus colaboradores nas atividades diárias.

1. Avalie as necessidades da sua empresa a fundo

O primeiro passo para escolher um Sistema de Gestão para pequenas empresas é avaliar quais são as reais necessidades que o seu negócio possui. Diversas das soluções encontradas na internet podem incluir uma infinidade de funcionalidades que não são nem de longe úteis para o bom funcionamento da sua pequena empresa – elevando o custo do sistema de gestão empresarial sem trazer nenhum benefício ou praticidade para o seu cotidiano.

O excesso de funções inúteis também colabora para que as chances de falha humana aumentem. Desta forma, quanto mais opções e campos de preenchimento inúteis estiverem à sua disposição e de seus colaboradores, mais fácil fica para que informações importantes sejam lançadas em locais equivocados, causando desequilíbrio na organização da sua empresa e deixando os relatórios gerenciais imprecisos.

Uma empresa que trabalha com prestação de serviços não necessita de uma ferramenta completa de controle de estoques, certo? Da mesma forma, uma empresa que atua somente de forma regional não precisa de ferramentas complexas para importação e exportação de produtos.

Leve em consideração não apenas a presença de funcionalidades necessárias para a sua empresa, mas também a ausência de campos desnecessários no sistema de gestão para pequenas empresas que você escolher.

2. Analise as funcionalidades do sistema de gestão para pequenas empresas

As funcionalidades oferecidas variam entre um sistema de gestão para pequenas empresas e outro. Procure avaliar quais são os recursos inclusos em cada uma das soluções analisadas. Confira as principais funcionalidades que você deve buscar para trazer mais agilidade e praticidade ao seu dia a dia:

3. Busque pela integração das informações

Para tirar o máximo de um Sistema de gestão para pequenas empresas, busque aqueles que permitem a integração automática das informações. Ou seja, ao realizar uma operação de compra, as informações já podem ser atualizadas no histórico do cliente, no controle financeiro, na contabilidade e no controle de estoques.

Essa integração também é benéfica na hora de trazer mais independência entre os setores, quando uma determinada área da empresa precisa de uma informação que afete o seu trabalho de alguma maneira, ao invés de esse colaborador depender de outros colaboradores para alcançar essa informação, ele pode acessar ao sistema de gestão para pequenas empresas e encontrar tudo que precisa em poucos cliques.

4. Opte por um layout responsivo

Utilizar um sistema de gestão para pequenas empresas não requer conhecimentos técnicos sobre programação – basta acessar a solução e começar a utilizá-la. Entretanto, um layout responsivo pode facilitar o uso de todos os recursos da ferramenta e permitir que você acesse de diferentes plataformas.

A possibilidade de acesso de diversas plataformas é fundamental para que as empresas se desenvolvam a mesma medida que as tecnologias avançam e evoluem. Ao escolher o seu sistema de gestão para pequenas empresas, opte por um ERP que possibilite o acesso por meio de dispositivos móveis, fazendo com que as informações e relatórios gerenciais da sua empresa possam ser visualizados a qualquer hora do dia e de qualquer lugar.

5. Cheque o suporte e o treinamento oferecido

Outro aspecto determinante na hora de escolher um Sistema de Gestão para pequenas empresas é o suporte oferecido pela empresa desenvolvedora. Um suporte ágil e eficiente cria as condições ideais para que você consiga utilizar a ferramenta sem perder tempo, solucionando os problemas rapidamente.

O treinamento para o uso desta ferramenta também é fundamental. Tenha certeza que a empresa que você selecionou para fornecer o seu sistema de gestão empresarial, oferece um treinamento de qualidade para os seus usuários fazendo com que não reste nenhuma dúvida quanto o funcionamento de cada uma das funções do seu sistema de gestão para pequenas empresas.

6. Examine os planos oferecidos e os valores praticados

Faça uma boa análise em relação aos planos oferecidos e valores cobrados pela solução – encontrando o melhor custo x benefício. Quando existem planos personalizados, são maiores as chances de que você consiga contratar apenas os recursos que são realmente úteis para o seu negócio. Quanto mais específico o sistema de gestão for para o seu negócio, mais efetivo ele se torna para a sua empresa, que terá ao alcance das mãos apenas as ferramentas necessárias para a sua organização.

1Clic: o sistema de gestão do tamanho das suas necessidades

O 1Clic é um Sistema de Gestão para pequenas empresas que reúne as principais características positivas que vimos ao longo deste artigo: as melhores funcionalidades, integração das informações, layout responsivo, suporte eficiente e planos personalizáveis de acordo com as necessidades da sua empresa.

Se você busca a melhor solução para otimizar a gestão empresarial do seu negócio, conheça agora mesmo todas as funcionalidades do 1Clic!

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *