30 novembro 2018

ERP: resultados à longo prazo

Por ren9ve em Gestão Empresarial

Com a adoção da tecnologia de maneira geral, tudo corre em uma velocidade gigantesca atualmente, e ninguém mais tem tempo de ficar preso em atividades manuais, que realizamos de maneira mecânica e que nos exigem mais horas de trabalho do que raciocínio e energia. O ERP tem a função de tornar a vida de seus usuários mais simples e fazer com que eles gastem menos tempo em atividades triviais e possam se dedicam a processos mais importantes dentro da administração da empresa.

Além da mão de obra de funcionários que poderiam ser aproveitados em atividades mais importantes para o funcionamento da empresa, para que esta tivesse um quadro de profissionais mais enxuto, ou em alguns casos mais qualificado, contratando novos funcionários com currículos mais completos.

Outra opção é oferecer cursos e especializações para os colaboradores que já fazem parte da empresa, mostrando que a lealdade destes funcionários é valorizada e recompensada. Além disso, um profissional qualificado beneficia a sua empresa diretamente.

Eliminando essas atividades mais triviais o seu empreendimento estaria economizando muito dinheiro, além de tempo, e investimento em atividades que podem lhe trazer um retorno muito superior.

Se você está buscando uma estratégia de crescimento empresarial e otimização da organização do seu negócio, que não lhe tome muito tempo e também sem pressa de obter o lucro, a implantação de um Software de Gestão Empresarial (ERP) pode ser um bom início para isso.

Os ERP’s estão se tornando muito comuns e já é possível encontrar dentro destes sistemas de gestão empresarial módulos que se encaixem perfeitamente no seu segmento de negócio, o que os torna ainda mais funcionais, precisos, específicos e ágeis, características extremamente importantes para o bom funcionamento de qualquer tipo de empresa.

Cada vez que um ERP é implantado com o intuito de ser usado com uma ferramenta de auxílio nas estratégias da empresa, ele fornece a mais ampla visão e análise de todas as gestões, mas o principal, o foco é voltado para as decisões que visam a otimização dos retornos econômicos, porém ao longo prazo.

Esta espécie de software pode ser focada no agronegócio de forma geral, possuindo funções específicas para esse ramo de trabalho, abrangendo todos os demais segmentos comerciais e econômicos, como e-Commerce, transportadoras, distribuidores, o setor alimentício, pequenas e microempresas e demais segmentos.

O ERP analisa todos os dados de maneira conjunta, sempre busca elaborar possíveis cenários, deixando mais fácil a visualização de uma nova estratégia de venda e novas possibilidades de crescimento para a empresa, pois através de um Sistema de Gestão Empresarial é possível gerar relatórios gerenciais com informações de todas as áreas da empresa, como financeiro, contabilidade, estoque, comercial, cadastro de clientes, estoque, e assim sucessivamente.

Obviamente que assim que esse sistema é implantado, já é possível ver alguns resultados logo de cara, mas as grandes mudanças em questões financeiras e de crescimento na produtividade demoram um pouco mais.

As melhorias na gestão do seu negócio já são gigantescas e visíveis nos primeiros dias de implantação, quando os relatórios da sua empresa são gerados com muito mais agilidade e precisão, as informações são mais rápidas e fáceis de ser encontradas e transmitidas. A organização é bem maior, pois todos os seus dados estão em um só local dentro do seu computador e não espalhadas em meio a uma papelada interminável e desordenada.

Vale frisar que não raro, ao englobar todas as funções do agronegócio, decisões específicas podem ser tomadas em benefício do todo, um exemplo de sua importância, é o crescimento na produtividade de determinado grão, apontado pelo planejamento estratégico diferir dos dados demonstrados por softwares de gestão de produção, ou do planejamento técnico-produtivo.

Quando é possível encontrar dados de safras anteriores, ou de vendas anteriores no ramo do comércio, fica muito mais fácil entender o que foi feito para que a empresa vendesse e produzisse mais, quais foram os erros e que ações devem ser repetidas e quais devem ser evitadas para que esse empreendimento continue crescendo e vendendo cada vez mais.

Se o ERP utilizado possui um módulo desenvolvido para o agronegócio especificamente, as funções criadas para outros tipos de comércio não ficam disponíveis, fazendo com que diminua a possibilidade de se confundir na hora de lançar os dados, reduzindo os riscos de falha humana de forma significativa.

Enquanto as funções que apenas empresas agrícolas se utilizam podem ser acessadas tranquilamente, sendo de grande auxílio para quem opera este sistema.

Além disso, esse gênero de ERP atua em áreas específicas, e realiza o planejamento a longo prazo para as medidas que correspondem a entrada e saída de dados de sistemas técnicos produtivos, aperfeiçoando a gestão de informações da empresa, bem como o armazenamento desses dados.

Tudo está integrado em um só lugar, o que até então era dividido em diversas planilhas de controle ou até mesmo em caderninhos manuais documentando as vendas e a movimentação monetária do empreendimento em questão, fazendo com que a perca deste documentos manuais comprometessem o funcionamento desta empresa.

Assim, analise o seu empreendimento, veja que ações estão tomando seu tempo e o tempo dos seus funcionários, o que você pode automatizar, quais suas maiores dificuldades na gestão da sua empresa.

Descubra o que falta para que sua administração seja excelente, ou como fazer com que seus gastos sejam reduzidos de maneira significativa e a sua produtividade aumente.

A utilização de um ERP traz um controle completo não só nesta área do seu setor financeiro, assim como nos demais aspectos organizacionais da sua empresa, como o manejo do seu fluxo de caixa, suas contas a pagar e a receber, as movimentações bancárias, além de uma maior organização do seu estoque.

O ERP também controla o setor comercial e ajuda na hora de fazer o balanço contábil, a conciliação bancária, em como gerar relatórios gerenciais com agilidade e precisão em todas essas áreas da sua empresa e no armazenamento de dados importantes, facilitando a sua equipe a encontrá-los com facilidade.

Por meio de um ERP é possível saber onde se está cada um de seus produtos, quais desses produtos precisam ser repostos, assim como aqueles que já possuem quantidade o suficiente, o que evita desperdícios, compras desnecessárias, ou a falta de uma mercadoria que o seu cliente possa não encontrar no seu estabelecimento e acabe procurando na concorrência, fazendo com que o seu negócio perca a preferência desse comprador.

Adote um ERP e traga mais facilidade para o seu dia a dia, o dia a dia dos seus funcionários e na otimização da gestão do seu empreendimento. Conheça os sistemas de gestão empresarial da Ren9ve Softwares, possuímos ERP’s para empresas de todos os segmentos e tamanhos. Esperamos por você!

 

 

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *