1 novembro 2018

Cross Docking, o que é?

Por ren9ve em e-Commerce

Quando se pesquisa mais a fundo sobre o tema e-Commerce, aparecem várias demandas relacionadas a prática, como a gestão dos estoques, as formas de pagamento dos clientes, a distribuição, que muitas vezes aparece uma opção de logística chamada de Cross Docking.

Essa forma de distribuição é uma grande aliada na hora de entregar os seus produtos para o destino final, o cliente.

E como o Cross Docking funciona?

A loja virtual recebe o pedido do cliente através do site e avisa o fornecedor que está na hora de enviar o produto para a loja em questão. Quando o produto chega, é conferido e enviado ao consumidor.

            Essa prática é uma maneira de dispensar o uso de estoques por parte dos proprietários de e-Commerce, ou seja, não ocupa espaço em casa ou evitando ter de adquirir um local específico para manter seus produtos, economizando no aluguel deste imóvel, em água, luz e segurança.

Como qualquer outra maneira de gerenciar o seu e-Commerce, essa atividade possui lados positivos e negativos. Existem alguns benefícios em cima do tradicional estoque físico, mas também possui algumas falhas a serem consideradas antes de cair de cabeça nessa forma de logística.

Claro que você deve analisar acima de tudo quais são as necessidades do seu negócio e ponderar o que mais se adéqua com o seu perfil, o Cross Docking ou os estoques tradicionais.

Vantagens de utilizar um Cross Docking:

  • Economiza espaço: é fato que para quem possui um e-Commerce há pouco tempo e está em início de carreira no mundo das vendas, fica difícil possuir espaço para guardar os seus produtos ainda mais se não houver nenhum lugar além da própria casa para guardá-lo, um armazém geral é uma boa opção.
  • Conferência da mercadoria: é possível que o proprietário do e-Commerce confira a mercadoria antes de ser enviada ao cliente, e pedir que seja trocada, caso apresente defeitos ou não esteja de acordo com o que o consumidor solicitou. Também é possível aproveitar a situação para adicionar um brinde ou algo personalizado para agradar o cliente na hora que ele receber o seu produto.
  • Preço: é importante colocar na balança o preço que é pago na hora de estocar os seus produtos, caso a empresa do Cross Docking cobre uma taxa que seja inferior ao que você vem gasto com armazenamento de mercadoria é uma boa pedida pesquisar a fundo sobre a prática e cair de cabeça nessa modalidade.

 

Desvantagens de utilizar um Cross Docking:

  • Prazo de entrega: Sem dúvidas o Cross Docking traz consigo o conceito de modernidade na gestão de estoque, mas nem sempre ele carrega a velocidade, isso porque para realizar o Cross Docking, a empresa que armazena esse material, precisa enviá-lo a você através de uma entrega expressa, para que assim que você estiver com o produto ele seja enviado para o consumidor final.

É fundamental procurar não apenas um fornecedor que entregue as mercadorias no prazo, mas que de preferência esteja em uma posição geográfica próxima de você e ainda assim não existem garantias que o produto lhe será entregue dentro das datas combinadas.

  • Cuidado na comunicação e na relação com os fornecedores: Pode ser que com o crescimento rápido da sua empresa de e-Commerce você precise cada vez mais de ajuda na hora de cuidar da entrada e saída dos seus produtos, especialmente quando forem dezenas ao dia.

Talvez pode até surgir a necessidade de ter que contratar uma pessoa para ajudá-lo ou abrir um centro de distribuição para facilitar o recebimento e o envio desses produtos. E para que isso aconteça é necessário tempo e dinheiro.

  • Dependência de terceiros: Muitas vezes na hora de realizar uma entrega para os clientes você fica de mãos atadas, caso atrase a entrega do produto você não poderá fazer absolutamente nada, além de esperar, enviar desculpas aos seus clientes e mantê-los atualizados quanto a localização atual da sua compra.

Considere que no Cross Docking a mercadoria passa pelo transporte duas vezes aumentando as chances de se extraviar, atrasar e entre outras possibilidades não tão positivas.

  • Gerenciamento de crises: Em qualquer tipo de comércio e forma de mercado as crises acontecem, já que o seu cliente pode acabar recebendo um produto estragado, ou não ser da maneira que ele havia solicitado.

Obviamente, em momento algum você poderá culpar o fornecedor, com ele você irá tratar mais tarde com calma depois de atender as solicitações que o seu cliente insatisfeito fez, sem colocar a culpa da logística em terceiros para se justificar, o cliente não quer saber quem errou, ele quer apenas receber o produto que comprou.

 

Auxílios para um melhor funcionamento do Cross Docking:

  • Funcionários: Quando a loja virtual possui tantos pedidos que fica difícil atendê-los e dar conta de entregar todos no prazo sozinho, está na hora de contratar ajuda.

Se os lucros estiverem crescendo e o negócio dando certo, é possível contratar uma pessoa, para manter o padrão de velocidade que a marca possui. Conforme os pedidos vão aumentando, fica difícil conferir se cada mercadoria chegou de acordo com o que foi solicitado.

Verifique se o produto está sendo enviado ao cliente e todas essas etapas necessárias para o funcionamento de um e-Commerce que utiliza do Cross Docking estão sendo realizadas de maneira correta, são algumas atribuições que o funcionário pode ficar responsável.

  • Sistema de Gestão Empresarial: Se a sua empresa ainda não possui um Sistema de Gestão Empresarial (ERP), quando começa a utilizar de um Cross Docking, adquirir um desses é a melhor escolha possível.

Como o cross docking é uma maneira diferente das convencionais de armazenar e distribuir suas mercadorias aos clientes, ela acarreta algumas etapas que até então não eram necessárias se uma outra forma de entrega e armazenamento fosse empregada no seu e-Commerce.

O produto passa por mais lugares nessa modalidade e fica fácil de perdê-lo de vista ou de acontecer alguma confusão, acontecendo no mínimo atrasos, deixando o seu cliente incomodado com a situação, podendo desistir da compra ou deixando de comprar no seu e-Commerce. Adotar um ERP para controlar essas ações, pode ser crucial para você e o seu negócio.

Além de manter a organização, obviamente, é muito mais barato manter um software para lhe auxiliar na organização do que um funcionário, que além de trabalhar horas limitadas durante o dia, pode cometer falhas, especialmente em atividades realizadas de maneira manual.

A falha humana é muito comum dentro das empresas e pode trazer prejuízos. O uso de um sistema de gestão empresarial é muito importante neste quesito, se lançadas de maneira correta, todas as informações contidas nesse sistema poderão ser transformadas em relatórios gerenciais com dados exatos e fundamentais para a gestão e a criação de estratégias para o crescimento do seu negócio.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *