As empresas que tem a capacidade de gerar relatórios gerenciais com informações completas, precisas e úteis para a gestão do negócio saem sempre na frente de todas as suas concorrentes para crescer em seu mercado de atuação. Em um ambiente tão competitivo, é preciso otimizar o uso de cada um dos recursos empresariais para maximizar os resultados alcançados em todos os setores do seu negócio.

Conhecer a fundo como o lucro da sua empresa é composto permite que você identifique todas as despesas que podem ser reduzidas, reconheça gastos desnecessários e encontre as melhores fontes de receita.

Enquanto uma empresa visualiza todos esses dados através dos seus relatórios gerenciais, outro negócio que desconhece essas informações continua no escuro, sem conseguir aumentar o lucro alcançado.

Mesmo reconhecendo a importância de analisar completamente todas as informações de gestão empresarial, muitas empresas enfrentam diversas dificuldades para gerar relatórios gerenciais de forma simples e acompanhar de perto o que está acontecendo no seu próprio negócio.

Para te ajudarmos, neste artigo mostraremos como você pode contornar esse problema e obter relatórios completos do resultados do seu empreendimento em todos os setores. 

O uso de relatórios gerenciais para o controle empresarial

Os relatórios gerenciais são documentos que organizam informações relevantes em relação a um determinado assunto de importância para a empresa – seja sobre a produtividade, custos ou até mesmo a rentabilidade deste negócio. É com base nessas informações que os gestores podem fazer análises precisas e tomar as melhores decisões para o seu empreendimento.

A grande importância de gerar relatórios gerenciais é muito simples de entender: sem ter acesso a informações relevantes, como é possível acertar na tomada de decisão?

Imagine uma empresa que deseja reduzir os seus gastos mensais, mas não consegue identificar o quanto cada uma das despesas consome do seu orçamento e quais destes gastos são realmente necessários. Seria uma missão muito difícil, você não acha?

Os relatórios gerenciais servem como um termômetro para avaliar o desempenho da empresa e a concretização dos seus objetivos. Através de sua análise completa é possível determinar se os resultados estão sendo alcançados como o desejado e identificar quais são os pontos que podem ser melhorados – buscando sempre a máxima eficiência e o melhor desempenho do seu negócio.

Principais tipos de relatórios gerenciais

Gerar relatórios gerenciais não é uma atividade estática, ela pode ser personalizada de acordo com o o perfil e os objetivos que cada empresa possui. Basta que você determine quais são as informações que deseja monitorar para que possam ser criados relatórios que organizam e expõe exatamente as informações que você está buscando.

Por esse motivo, os tipos de relatórios gerenciais não são os mesmos em todas as organizações. Por exemplo, se você achar que essa é uma informação útil, é possível gerar relatórios até mesmo sobre a quantidade de cafés consumidos dentro da sua organização – especificando em quais dias são tomados mais cafés e quais setores costumam consumir mais e demais resultados relacionados a este assunto.

Entretanto, é possível destacar quais são os principais e mais comuns tipos de relatórios gerenciais – que costumam ser úteis para a grande maioria das empresas que os utilizam:

    • Relatórios de rentabilidade;
    • Relatórios de vendas;
    • Relatórios de produtividade;
    • Relatórios contábeis;
    • Relatórios de marketing digital;
    • Relatórios de satisfação do cliente.

Como gerar relatórios gerenciais de forma simples?

Agora que você já sabe como as informações completas e precisas geradas pelos relatórios gerenciais podem ser úteis para a gestão da sua empresa, também é importante conhecer as melhores formas de gerar estes documentos.

Separamos algumas dicas infalíveis que vão ajudar você a extrair o máximo dos dados da sua empresa e saber como usá-los de forma efetiva em seu benefício:

Identifique quais relatórios são mais importantes para o seu negócio

O primeiro passo para gerar relatórios gerenciais realmente úteis para a sua empresa é identificar quais são as informações mais importantes para a sua tomada de decisão. Saber tudo o que está acontecendo dentro da sua empresa é o ideal, mas de acordo com cada modelo de negócio existem informações que tem de ser priorizadas. 

Enquanto uma empresa do comércio precisa adotar relatórios para o controle dos estoques e fluxos de mercadoria, uma prestadora de serviços se beneficia mais de relatórios sobre a geração de ordens de serviço, por exemplo.

Saiba como lidar com as informações analisadas

As informações trabalhadas por um relatório gerencial precisam obedecer três características básicas:

Sucinto: Os relatórios devem ir direto ao ponto e poupar tempo de análise de quem está acessando as informações;

Inteligibilidade: As informações devem ser facilmente entendidas por todas as pessoas que lidam com a análise dos dados;

Relevância: Como não poderia deixar de ser, as informações precisam ser relevantes para a tomada de decisão da empresa, relatórios que pouco somam no acompanhamento das operações e no controle da empresa não valem a pena ser gerados. 

Integralidade: Os relatórios gerenciais tem de estar completos, informações pela metade ocasionam confusão e equívocos na hora de conferir todos estes dados. 

Precisão: Dados precisos são fundamentais, de nada adianta gerar relatórios gerenciais para acompanhar a empresa se as informações nele presentes não são confiáveis. 

Velocidade: Gerar relatórios gerenciais rapidamente é fundamental para acompanhar a empresa de perto  e saber na hora tudo o que está acontecendo dentro do seu negócio. 

Defina métodos e ferramentas

Os relatórios gerenciais são elaborados com base em informações extraídas das operações internas realizadas em uma determinada organização, você não concorda? Por esse motivo, é preciso encontrar formas práticas de monitorar todos os dados necessários para gerar relatórios gerenciais completos e com informações precisas para que você possa acompanhar tudo o que está acontecendo na sua empresa.

Explore ferramentas digitais

Uma ótima forma de gerar relatórios gerenciais de forma simples é com o uso de ferramentas digitais que permitem a criação automática de relatórios. Um ERP (sistema integrado de gestão empresarial) é um software que automatiza a gestão da empresa e proporciona diversos benefícios – incluindo a facilidade em gerar relatórios gerenciais rapidamente e com precisão. 

Um sistema de gestão empresarial mantém o seu negócio organizado, automatiza operações e gera rapidamente relatórios gerenciais de qualquer um dos setores do seu negócio a qualquer hora do dia, facilitando o controle de tudo o que está acontecendo dentro da sua organização.

Os dados fornecidos por um sistema de gestão empresarial são precisos, se as informações lançadas no software se manterem sempre corretas e atualizadas, os relatórios gerenciais obtidos através são totalmente confiáveis. O ERP integra em um só lugar as informações de todos os setores da empresa, facilitando a busca pelos relatórios gerenciais.

Esta integração também é benéfica na automatização de atividades, por exemplo, quando um produto é marcado como vendido ele automaticamente é retirado do estoque da empresa, para que que quando o gestor for conferir os relatórios gerenciais de estoque eles estejam precisos e completos, e assim sucessivamente. 

Você gostou das dicas para gerar relatórios gerenciais com mais facilidade, velocidade e precisão? Gostaria de conhecer melhor as funcionalidades que um ERP possui? Visite o nosso blog e tire todas as suas dúvidas!

Veja Também